Mais uma turma de alunos participante do Programa de Desenvolvimento Sócio Territorial (PDST) se formou no dia 11, quinta-feira, no Residencial Vila Jardim, no bairro Cidade Satélite.

O PDST foi elaborado pela CODESAIMA (Companhia de Desenvolvimento de Roraima) e CEF (Caixa Econômica Federal), atendendo as normas do Programa Minha Casa Minha Vida que estabeleceu a criação deste programa para atender os moradores do conjunto habitacional. Um convênio definiu o Senai-RR (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Roraima) como o órgão responsável pela aplicação de cursos profissionalizantes.

A assistente social do Senai-RR, Regina Moura Fernandes, conta que  20 alunos  concluíram o curso de Artesanato com Material Reciclável, com duração de 40 dias.

Os participantes se especializaram em fazer produtos de feltro como bonecas, ursos, capas para utensílios, guirlandas, itens de decoração, entre outros. Todos feitos à mão com uma matéria prima barata e fácil de encontrar no comércio.

Antes de terminar o curso os alunos levaram seus produtos para serem comercializados na feira popular que é montada toda quarta-feira, no Vila Jardim. A aceitação das mercadorias foi satisfatória. O dinheiro arrecadado foi rateado entre os participantes.

“Eles gastam em média R$15 e podem vender seus produtos até por R$ 45. Um bom retorno financeiro”, revelou Regina.

O programa tem o objetivo de proporcionar aos moradores que são, na sua grande maioria, famílias de baixa renda, uma opção de adquirir recursos adicionais. “Muitos já ajudam suas famílias com esta renda extra”, completou.

Para que se torne uma atividade sustentável, o curso oferece disciplinas e palestras sobre  empreendedorismo, que mostram as fases de produção e comercialização. Os alunos revelaram que pretendem criar uma cooperativa onde possam compartilhar os equipamentos de produção, matérias primas e ter estrutura para realizar as estratégias de vendas.

Os novos artesãos terão uma banca permanente na feira do Vila Jardim e participarão, em maio, de um evento nas Faculdades Estácio Atual  voltado para ações empreendedora.

O presidente da CODESAIMA, Anastase Vaptistis Papportzitzis, disse que pretende manter e talvez até ampliar convênios como este entre CODESAIMA, Caixa e Senai e que é importante o surgimento de ações que facilitem a entrada das pessoas formadas no PDST no mercado de trabalho, promovendo a inclusão social e melhoria da renda das famílias.